A Nutrição

Profissão Nutricionista

O nutricionista é um profissional da área da saúde capacitado a atuar visando à segurança alimentar e à atenção dietética. Estuda as necessidades nutricionais de indivíduos ou grupos para a promoção, manutenção e recuperação da saúde. Trabalha no âmbito da Nutrição Humana e Alimentação, interpretando e compreendendo fatores biológicos, sociais, culturais e políticos para criar soluções que garantam uma melhor qualidade de vida para as pessoas em todos os ciclos da vida.

Para exercer a profissão, este profissional deve ter diploma expedido por escolas de graduação em Nutrição, oficiais ou reconhecidas, devidamente registradas no órgão competente do Ministério da Educação. E estar regularmente inscrito no Conselho Regional de Nutricionistas (CRN) da sua respectiva jurisdição.

A profissão de nutricionista foi criada pela Lei nº 5.276, de 24 de abril de 1967. Em 17 de setembro de 1991, a Lei nº 8.234, regulamentou a profissão de nutricionistas, e definiu as atividades privativas desta profissional, que são:

1 - direção, coordenação e supervisão de cursos de graduação em nutrição;

2 - planejamento, organização, direção, supervisão e avaliação de serviços de alimentação e nutrição;

3 - planejamento, coordenação, supervisão e avaliação de estudos dietéticos;

4 - ensino das matérias profissionais dos cursos de graduação em nutrição;

5 - ensino das disciplinas de nutrição e alimentação nos cursos de graduação da área de saúde e outras afins;

6 – auditoria, consultoria e assessoria em nutrição e dietética;

7 - assistência e educação nutricional a coletividades ou indivíduos, sadios ou enfermos, em instituições públicas e privadas e em consultório de nutrição e dietética;

8 - assistência dietoterápica hospitalar, ambulatorial e a nível de consultórios de nutrição e dietética, prescrevendo, planejando, analisando, supervisionando e avaliando dietas para enfermos.

Áreas de atuação do Nutricionista e suas atribuições de acordo com a Resolução CFN nº 380/2005:

Alimentação coletiva - Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN): Compete ao nutricionista planejar, organizar, dirigir, supervisionar e avaliar os serviços de alimentação e nutrição. Realizar assistência e educação nutricional a coletividade ou indivíduos sadios ou enfermos em instituições públicas e privadas. - Alimentação Escolar: Compete ao nutricionista planejar, organizar, dirigir, supervisionar e avaliar os serviços de alimentação e nutrição. Realizar assistência e educação nutricional a coletividade ou indivíduos sadios ou enfermos em instituições públicas e privadas.

Alimentação do Trabalhador: Compete ao nutricionista planejar, organizar, dirigir, supervisionar, avaliar os serviços de alimentação e nutrição do PAT. Realizar e promover a educação nutricional e alimentar ao trabalhador em instituições públicas e privadas, por meio de ações, programas e eventos, visando à prevenção de doenças e promoção e manutenção de saúde.

a) Em empresas prestadoras de serviço de Alimentação Coletiva – Refeição- Convênio:

b) Em empresas fornecedoras de cestas de alimentos e similares (Cesta Básica). Nutrição clínica Compete ao Nutricionista prestar assistência dietética e promover educação nutricional a indivíduos, sadios ou enfermos, em nível hospitalar, ambulatorial, domiciliar e em consultórios de nutrição e dietética, visando à promoção, manutenção e recuperação da saúde. - Hospitais, clínicas em geral, clínicas em hemodiálises, instituições de longa permanência para idosos e spa; - Ambulatórios/consultórios; - Banco de leite humano; - Lactários/centrais de terapia nutricional; - Atendimento domiciliar.

Saúde coletiva Compete ao Nutricionista prestar assistência e educação nutricional a coletividades ou indivíduos sadios, ou enfermos, em instituições publicas ou privadas e em consultório de nutrição e dietética, através de ações, programas, pesquisas e eventos, direta ou indiretamente relacionados à alimentação e nutrição, visando à prevenção de doenças, promoção, manutenção e recuperação da saúde. - Políticas e programas institucionais; - Atenção básica em saúde; - Vigilância em saúde.

Docência Compete ao Nutricionista dirigir, coordenar e supervisionar cursos de graduação em nutrição; ensinar matérias profissionais dos cursos de graduação em nutrição e das disciplinas de nutrição e alimentação nos cursos de graduação da área de saúde e outras afins. - Ensino, Pesquisa e Extensão (Graduação e Pós-graduação); - Coordenação de cursos.

Indústrias de alimentos Compete ao Nutricionista elaborar informes técnico-científicos, gerenciar projetos de desenvolvimento de produtos alimentícios, prestar assistência e treinamento especializado em alimentação e nutrição, controlar a qualidade de gêneros e produtos alimentícios, atuar em marketing e desenvolver estudos e trabalhos experimentais em alimentação e nutrição, proceder analises relativas ao processamento de produtos alimentícios industrializados.

Nutrição esportiva Compete ao Nutricionista prestar assistência e educação nutricional a coletividades ou indivíduos, sadios ou enfermos, em instituições publicas e privadas e em consultório de nutrição e dietética, prestar assistência e treinamento especializado em alimentação e nutrição, prescrever suplementos nutricionais necessários a complementação da dieta, solicitar exames laboratoriais necessários ao acompanhamento nutricional. - Clubes esportivos; - Academias.

Marketing na alimentação e nutrição Compete ao Nutricionista a educação nutricional de coletividades, sadias ou enfermas, em instituições públicas ou privadas e em consultórios de nutrição e dietética, divulgando informações e materiais técnico-científicos acerca de produtos ou técnicas reconhecidas.

O curso de formação: As disciplinas da área médica predominam no currículo básico. Nas cadeiras profissionalizantes, há aulas práticas e teóricas sobre a ciência dos alimentos e a interação deles no organismo, educação alimentar, higiene de alimentos, interação alimento-medicamento, avaliação nutricional, prescrição, planejamento, execução e avaliação de dietas para diferentes faixas etárias e fases da vida, patologias e para práticas desportivas. Engloba um conjunto de conhecimentos estreitamente ligado às ciências biológicas, como a fisiologia, bioquímica e biologia. Por outro lado, está também intimamente ligado às ciências comportamentais e humanas, tais como a sociologia, antropologia e economia. Duração do curso: 4 anos.

Mercado de Trabalho: O mercado de trabalho é bastante amplo para o nutricionista, que tem como opções: hospitais, clínicas, ambulatórios, postos de saúde, spas, empresas de produtos nutricionais, restaurantes comerciais e industriais, serviços de alimentação em companhias aéreas (catering), creches, escolas, planejamento de programas e políticas públicas de saúde e outros serviços de saúde pública, academias, clubes esportivos, hotéis, colônia de férias, assessoramento em jornais e revistas, ensino e área de pesquisa.

Retrato da Categoria: Em todo o Brasil existem 41.228 nutricionistas. São 309 cursos de Nutrição. 96,5% dos profissionais são do sexo feminino. A faixa etária da maioria dos profissionais é de 26 a 40 anos. A área de atuação com maior concentração de profissionais é a de Nutrição Clínica (41,7%), seguida da área de Nutrição Coletiva (32,2%). A maioria dos profissionais está atuando nas capitais brasileiras.

Fonte: Pesquisa Inserção Profissional dos Nutricionistas no Brasil - 2005 -Conselho Federal de Nutricionistas.